domingo, 1 de maio de 2016

" Os Cravos e a Rocha" em exibição no cinema Batalha no Porto

Depois da exibição dia 25 de Abril no Indielisboa, Hoje dia 25 de Maio a curta-metragem " Os Cravos e a Rocha" de Luísa Sequeira vai ser exibida no no âmbito do Desobedoc - mostra de cinema insubmisso às 17h30 no cinema Batalha no Porto. Entrada gratuita

Sinopse
"25 de Abril de 1974, o iconoclasta cineasta brasileiro Glauber Rocha está em Portugal. Entra no filme registo colectivo da revolução dos cravos,”As Armas e o Povo”. Com seu olhar estrangeiro e peculiar, rompe com as regras convencionais do se fazer cinema"

Os Cravos e a Rocha em exibição no Cinema Batalha no Porto




O Frederico Lima também apresenta “Uma câmera na mão e uma ideia na cabeça: Glauber Rocha e a invenção do cinema brasileiro moderno". Entrada gratuita

quinta-feira, 28 de abril de 2016

Shortcutz Porto # 187

Exibição de curtas
Dia 27 de Abril
Entrada gratuita
22 horas Maus Hábitos

Filme convidado: «Musik» de Stefan Bohun
Festivais convidados: Desobedoc - mostra de cinema insubmisso
RAW TERRITORIES GATHERINGS - Film and Music Festival
Curta vencedora do mês de Abril.

quinta-feira, 21 de abril de 2016

Sessão especial Shortcutz Porto no cinema Batalha

O Shortcutz Porto vai estar presente no Grants Stand Together Luísa Sequeira e Rui Tendinha apresentam esta sessão especial Shortcutz Porto dedicada aos documentários.
 
Luísa Sequeira e Rui Tendinha apresentam esta sessão especial do Shortcutz no cinema Batalha




Programação: 

"Porque tu Respiras" de Pedro Augusto Almeida
Murmures de Murs de Jas Joao A. Silva
Viagem até Casa de Bárbara Veiga
Não são favas, são feijocas de Tânia Dinis

Luísa Sequeira e Rui Tendinha apresentam esta sessão especial do Shortcutz
- entrada livre e em seguida bar aberto até às 2:00 no batalha ao som do dj kitten.

terça-feira, 19 de abril de 2016

185 ª Edição do Shortcutz Porto

185 ª sessão do Shortcutz Porto  
20 de Abril
21:30
Entrada gratuita
Maus Hábitos 


Apresentação do livro “Uma câmera na mão e uma ideia na cabeça: Glauber Rocha e a invenção do cinema brasileiro moderno”(Editora Prismas, 2015 ) de Frederico Osanam Amorim Lima.
Nesta apresentação vamos contar com a presença do autor  da Maria Guerra e Luísa Sequeira.

Frederico Lima é  professor do programa de pós-graduação em História do Brasil da Universidade Federal do Piauí, e, atualmente, pós-doutorando na Faculdade de Letras da Universidade do Porto

A obra, sustentada, principalmente, na produção escrita daquele que é considerado, por muitos, o mais importante cineasta do Brasil, procura fazer uma releitura do chamado “cinema brasileiro moderno” apontando os caminhos que tornaram possível a canonização de Glauber Rocha e os filmes que imprimem uma ideia de moderno para o cinema nacional. O cineasta brasileiro Glauber Rocha, diretor de filmes como “Deus e o diabo na terra do sol” (1964) e “Terra em transe” (1967), além de realizador de uma importante produção cinematográfica, produziu artigos, livros, cartas e apresentou um programa televisivo no final dos anos 1970, que possibilitam descobrir um personagem construído no interior de discursos inflamados, ofensas e autopromoção.

 
“Uma câmera na mão e uma ideia na cabeça" de Frederico Lima
 O livro procura demonstrar como essa imagem de Glauber Rocha, produto do seu próprio interesse, acabou por capitalizar a produção de trabalhos acadêmicos, filmes e uma grande quantidade de obras que nomeiam o “cinema brasileiro moderno” a partir de uma zona de conforto criada pelo próprio cineasta. O livro é, portanto, uma tentativa de colocar na ordem do dia a discussão sobre como os diversos agentes culturais – institucionais, intelectuais ou, mesmo, midiáticos – que trabalham na construção de personagens sínteses de movimentos e ideias, e como isto acaba por referenciar parte considerável das opiniões sobre estas personalidades.

Curta- metragem  "Terra 2084" do realizador Nuno Sá Pessoa

"Terra 2084" do realizador Nuno Sá Pessoa

 Sinopse:

2084: A União Mundial está estabelecida, a moeda única em circulação, e a crise não acaba, será do espaço que virá a razão?

I Love My Label  de Rui Portugalez


A Antena 3 apresenta uma nova série de documentários sobre editoras discográficas portuguesas. I Love My Label – A Edição Independente em Portugal é uma série de seis episódios pensados por rui Portulez e realizados pelo Centro de Inovação da RTP Porto.
O primeiro destes seis filmes é sobre a Lovers & Lollypops, editora e produtora, que por esta altura celebra 10 anos e 70 edições – entre elas, discos de Glockenwise, Filho da Mãe, Memória de Peixe, Sequin, Black Bombaim, Jibóia, Duquesa, entre muitos outros projetos.
Além dos artistas da casa, este primeiro episódio de I Love My Label conta com as histórias e as memórias de Fua (o fundador Joaquim Durães) e de Márcio Laranjeira, um dos homens da frente da Lovers & Lollypops.

domingo, 10 de abril de 2016

Shortcutz Porto 184

SHORTCUTZ PORTO # 184
22 HORAS
13 de Abril - Quarta-feira 
MAUS HÁBITOS
ENTRADA GRATUITA


Filmes em Competição:


ARCANA DE JERÓNIMO ROCHA
Século XI, algures na Península Ibérica. Numa masmorra escura e húmida, uma herética está acorrentada a uma coluna com uma linha de proteção de sal à sua volta. Deixada aos seus pensamentos, conjura formas de se evadir.

 
ARCANA DE JÉRONIMO ROCHA

 THE BAD GIRL DE RICARDO MACHADO
Portugal, década de 1980. Numa capela uma mulher vestida de preto encontra-se a confessar e a rezar após visualizar o fenómeno milagroso de uma imponente estátua que chora lágrimas de sangue.e.


 THE BAD GIRL DE RICARDO MACHADO


O Indielisboa é o festival convidado da 184ª edição do Shortcutz Porto, o festival vai apresentar a sua programação e a Curta-metragem  convidada é "Aula de Condução"dos realizadores  André Santos e Marcos Leão.

Indielisboa de 20 a 1 de Maio de 2016



 

Aula de Condução de André Santos e Marco Leão


André Santos e Marco Leão devolvem-nos a esfera onde se tem formado a maturidade de um jovem olhar: o da intimidade e o seu silêncio enquanto territórios cinematográficos.

Aula de Condução de André Santos e Marco Leão

 

 

 

SHORTCUTZ PORTO

facebook.com/shortcutznoporto

Programação artística e executiva do Shortcutz Porto : Luísa Sequeira

Ilustração: Eduardo Sama

Produção: Mia Tintin e Zeza Guedes

22 horas Maus hábitos

Entrada gratuita



segunda-feira, 4 de abril de 2016

Shortcutz Porto # 183

Shortcutz Porto

Maus Hábitos

22 horas 

Entrada gratuita

6 de Abril de 2016


Maurício iniciou a sua viagem no mundo do som em Portugal, onde após ter terminado uma licenciatura em som e imagem passou dois anos a trabalhar em estúdios de pós produção de som, o que lhe permitiu descobrir as potencialidades do desenho do som e o esforço colaborativo para contar uma historia.

Em 2009 Maurício teve a oportunidade de ingressar no mestrado de pós produção de som na NFTS em Londres. Desde então tem tido o privilegio de trabalhar em inúmeros projectos premiados como o já filme de culto "The Human Centipide", "The Eagleman Stag", que ganhou o prémio de melhor curta de animação nos BAFTA 2011, "Dia de Los Muertos" vencedor do Oscar para melhor curta estudante animada em 2013 ou "Boi Neon" vencedor de inúmeros prémios em festivais como Veneza, Toronto, Rio de Janeiro ou Hamburgo.

Trabalhando entre Londres e Porto, Maurício esta sempre a colaborar em projectos por todo o globo, procurando constantemente o som perfeito para o momento perfeito.



Maurício DÓrey




Curta em Competição na 183 edição do Shortcutz Porto:
Que é Feito dos Dias na Cave do realizador Rafael Almeida
A tentativa de fuga de um jovem paciente pelos corredores labirínticos de um hospital psiquiátrico remoto. Marco tem de ultrapassar vários obstáculos, incluindo os seus fantasmas internos que o confundem e lhe perturbam os sentidos. Ele quer escapar, do asilo e de si próprio. 

Que é Feito dos Dias na Cave foi aceite no Short Film Corner do Festival de Cannes 2016




O que é feito dos dias na Cave? Rafael Almeida



Curta em Competição na 183 edição do Shortcutz Porto:

O ARQUIVO - De Pedro Caldeira e Paulo Graça

Até onde consegues correr, para poderes correr ainda mais?

As questões que se colocam a um atleta em dificuldade que deseja voltar ao topo da sua carreira.

Uma curta-metragem idealizada e produzida em somente 48 horas.

No final, a 9 de Dezembro, o nosso filme consagrou-se vencedor, arrecadando 9 prémios, entre os quais o de Melhor Filme. Tal feito levou os realizadores ao festival Filmapalooza em Atlanta, onde se reúnem os representantes de equipas de todo o mundo.



O ARQUIVO - De Pedro Caldeira e Paulo Graça

Direcção executiva e de programação do Shortcutz Porto: Luísa Sequeira 

Design : Eduardo Sama 

Produção Zeza Guedes Miat Tintin

quarta-feira, 30 de março de 2016

Shortcutz Porto # 182 - dia 30 de Março


Shortcutz Porto
Dia 30 de Março de 2016
Maus Hábitos
22 horas
Entrada gratuita 



"Hospedaria" do realizador Pedro Neves  produzida pela Red Desert  e "As Casas Não Morrem”, de Inês Fonseca Santos e Pedro Macedo, da Framed Films.


"Hospedaria" do realizador Pedro Neves



 
As Casas Não Morrem”, de Inês Fonseca Santos e Pedro Macedo